Associação Bento de Jesus Caraça



ABC da Genética

António Câmara

Índice

Introdução 5

CAP. I — A fábrica da Hereditariedade 9
1. — Uma excursão à fábrica 14
2. — As secções principais da fábrica da
hereditariedade. — Os cromosomas
17
3. — Observações sôbre a «organização das oficinas» 21

CAP. II — Como se principiou a conhecer
o maquinismo da hereditariedade
29
1. — As primeiras explorações, — Desponta
no horizonte o «mendelismo»
30
2. — O grande guia. — «A mosca do vinagre» 32
3. — Aparece um xadrez de novo género 21

CAP. III — O impulso dado pelo mendelismo 44
1. — Sucessivos enigmas que se esclarecem 44
2. — O «xadrez «mendeliano» em acção 51
3. — As complicações sucedem-se mas a
genética vai-as vencendo
56

CAP. IV — Factores que colaboram e factores
que destroem
62
1. — A «cooperação na fábrica da
hereditariedade
63
2. — Valor da «cooperação» 66
3. — Factores destruldores 74

CAP. V — A residência do gene 78
1. — A disjunção de genes e a segregação
cromosómica
69
2. — Juntam as provas dos genes residirem
nos cromosomas
82
3. — As provas acumulam-se sem cessar 91

CAP. VI — A certeza de que a residência do gene
é o cromosoma
97
1. — Grupos de ligamento 98
2. — Cartografia cromosómica 100
3. — À habitação do gene em obras 106

Conclusão 121