Associação Bento de Jesus Caraça



Carlos Tôrre de Assunção


Carlos Fernando Torre de Assunção, nasceu em 26 de Julho de 1901 e faleceu em Mem Martins, Sintra em 24 Novembro de 1987.

Tôrre de Assunção frequentou na Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa (FCUL), o curso de licenciatura em Ciências Histórico-Naturais que terminou em 1922. Em 1936 conclui o doutoramento em Ciências Geológicas.

Professor Catedrático da FCUL desde 1942, escola em que leccionava desde 1923. Em 1946 é afastado do ensino pelo governo de então, em conjunto com vários outros professores da FCUL, no mesmo ano do afastamento de Bento de Jesus Caraça. No entanto, posteriormente, desenvolve intensa actividade na Junta de Investigações do Ultramar, tendo realizado inúmeros trabalhos, incluindo trabalho de campo, sobre a Geologia e Mineralogia das, então, colónias portuguesas. Foi director do Museu e Laboratório Mineralógico e Geológico anexo à Faculdade de Ciências e do Laboratório de Técnicas Físico-Químicas aplicadas à Mineralogia e Cristalografia da Junta de Investigações do Ultramar.

Um interessante texto biográfico sobre o Professor Torres de Assunção, da autoria de Carlos Matos Alves, pode ser encontrada aqui. A referência bibliográfica completa é:
- Alves, Carlos Matos. "Torre de Assunção (1901-1987). Um enciclopedista no século XX". in Simões, A. (Coord. cient.). Memórias de professores cientistas. Lisboa: Faculdade de Ciências da Universidade de Lisboa, 2001. pp. 58-65.

Um outro texto relevante é o seguinte:
- J.Carrington da Costa, “Personalidade e Obra do Professor Carlos Fernando Torre de Assunção”, Revista da Faculdade de Ciências, 28 (1), 2ª série –C– Ciências Naturais, (1972), XVI

No texto da autoria do Prof. Carlos Matos Alves acima referido, pode encontrar-se uma listagem de algumas publicações mais relevantes do Prof. Tôrre de Assunção. Essa listagem pode ser completada por uma outra no sítio Memórias d'África e d'Oriente.
Para além dessas listagems é também oportuno recordar um artigo publicado por Tôrre de Assunção na Seara Nova:
- Anotações sobre problemas do ensino nacional; Seara Nova, N.º 1444, Fevereiro de 1966, pp. 33-36,

GSA